Suporte Recursos Humanos

Inclupe Recursos Humanos

Artigos e Carreira

Em um ano difícil, quem é profissional se destaca, ganha espaço e cresce. Quem não é, sofre!

Dizem que 2015 será um ano difícil. Que o PIB vai crescer pouco ou nada, que a inflação vai persistir, que os juros serão altos, que o dólar vai disparar… Eu paro e penso: “E eu com isto?”. A resposta é que, para mim, nada muda. Aliás, pode até melhorar!

Anos difíceis são como mar alto: só surfista profissional entra na água. Em um ano difícil, fica bem mais fácil de ver quem é realmente bom. Anos “bons” nivelam por baixo. As condições “boas” escondem a incompetência, a gordura, o equipamento abaixo do padrão. Todo mundo prospera, mesmo que um pouco. Mais por sorte que por juízo.

Em um ano difícil, os amadores não têm vez. Improviso não é suficiente. Sorte não é suficiente. Energia bruta não é suficiente. Nos anos difíceis, você tem que ser profissional. Para prosperar, você precisa de um plano. Não qualquer plano. Você precisa de um plano profissional, feito com técnica, e você precisa executar seu plano de forma disciplinada – isto também exige técnica.

Em um ano difícil, você tem que gerir seu caixa de forma profissional, o que significa gerir toda a sua cadeia de forma adequada, de uma ponta até a outra. Você também precisa de gente profissional do seu lado. Gente mais ou menos não vai ser suficiente. Você vai precisar treinar mais, acompanhar mais. Errar é muito caro em anos difíceis.

Em um ano difícil, o consumidor fica muito mais exigente. Ele sabe que seu dinheiro vale mais e ele quer mais em troca. Seus clientes testam você mais, pois eles não querem mais do mesmo. Eles querem mais. Você tem que inovar, para gerar valor novo e se diferenciar de seus competidores. Para não só manter seus clientes, como ganhar os clientes exigentes de seus competidores, que estarão mais atentos. Você também tem que investir em comunicação. Sem medo.

Anos difíceis requerem muita inteligência.

2015 será um ano difícil. Vai ser fácil ver quem é profissional e quem não é.

E você? Qual é o seu plano para 2015?

 

Leia a matéria completa: https://www.endeavor.org.br/2015-vai-ser-um-ano-dificil/?utm_source=akna&utm_medium=email&utm_campaign=BR_Conteudo_13.01.15



‹ Voltar